Terreno no Metaverso? Confira como o Mercado Imobiliário está se digitalizando

Publicado em

A digitalização do mercado imobiliário é uma tendência que veio para ficar, gerando uma nova mentalidade na maneira de fechar uma compra. Já são muitas as iniciativas nesse sentido. Hoje, 100% do processo de compra de um imóvel – da visita à assinatura – pode ser feito de forma online. Com o tour virtual e a maior interação em canais de venda, como chats, whatsapp e mesmo videoconferências, as visitas aos plantões de vendas passaram a ser menos frequentes, mas muito mais assertivas. E a mais recente novidade é o terreno no Metaverso.

Os clientes têm acesso a uma variedade de serviços através de aplicativos para celular e pelo portal web das empresas. Para os clientes, as novidades significam mais comodidade e agilidade para encontrar a melhor opção. Já as empresas, ganham no acesso a um número cada vez maior de interessados em seus perfis.

Ainda mais avançado nesse processo estão os terrenos no Metaverso, pedaços de solo virtual ficam dispostos em mapas digitais divididos em lotes. Apesar de estarem situados apenas no ambiente virtual, esses terrenos custam dinheiro (criptomoedas), têm registro de propriedade e podem valorizar com o tempo. Confirma abaixo as vantagens do mercado imobiliário digital..

Corretagem online

O primeiro grande impacto sentido no mercado imobiliário para que a digitalização fosse acelerada foram as medidas de distanciamento social, que impediram as tradicionais visitas aos imóveis, um hábito do brasileiro. O período da pandemia da Covid-19 tornou o atendimento pela internet quase que obrigatório, uma vez que os clientes passaram a ficar mais em casa. Com o uso da tecnologia, os processos imobiliários ganharam em agilidade. Os clientes têm acesso a ferramentas que acrescentam a experiência da compra. O corretor de imóvel segue tendo fundamental importância nos processos do setor, mas agora com o digital completando o físico e vice-versa.

Documentação e assinaturas digitais

Um dos grandes avanços do setor foi a adoção do processo de documentação digital. Atualmente, é possível obter certidões on-line, garantia locatícia, assinar contrato. E a assinatura digital é uma espécie de substituta e equivalente à assinatura física, apresentando validade jurídica. É uma forma eletrônica de autenticar diversos tipos de contratos, inclusive os do mercado imobiliário.

Visitas virtuais

Conhecer imóveis e terrenos sem sair de casas já uma realidade no mercado brasileiro. O tour virtual já está disponível por grande parte das empresas do ramo. São apresentações digitais mais dinâmicas, como tour virtual, fotos 360º e imagens do Google Street View.

Estande de vendas

Até mesmo quem ainda prefere visitar os estandes de vendas dos imóveis e terrenos encontra um ambiente digitalizado. Esses espaços de vendas passaram a contar com inovação e a tecnologia. Antes restrito a maquetes, os espaços agora contam com atrações que remetem às áreas do condomínio para o futuro morador já ir entrando no clima. Maquetes digitais possibilitam até mesmo conferir a vista que o futuro morador terá do seu imóvel. É possível ainda conhecer digitalmente a própria unidade desejada e áreas comuns do empreendimento, como salão de festas.

Terreno no Metaverso

O Metaverso, espaço coletivo que unirá os mundos real e virtual, ainda está em construção, mas já há terrenos disponíveis para compra. Os terrenos virtuais são as terras existentes em plataformas que ficam dispostos em mapas digitais divididos em lotes. Essa economia digital é possível porque cada terreno do Metaverso é negociado como um token não fungível (NFT, na sigla em inglês). Um NFT é a representação de um item exclusivo, que pode ou não ser digital. Para acessá-lo, seria preciso usar tecnologias como óculos de Realidade Aumentada e de Realidade Virtual. Esses terrenos custam dinheiro (criptomoedas), têm registro de propriedade e podem valorizar com o tempo.

 

Como comprar um terreno no Metaverso

O primeiro passo é baixar a carteira em seu computador ou no celular. Para isso, basta acessar o site da MetaMask. Depois de instalar a carteira, você deve comprar Ethereum e o token nativo da plataforma Metaverso – SAND ou MANA, nesse caso – e enviá-los para sua a MetaMask. É hora de acessar o Metaverso desejado e fazer o cadastro. O processo também é bem simples – no geral, basta entrar no site do projeto, colocar seu e-mail e criar uma senha. Na sequência, é só navegar no marketplace da plataforma, escolher o terreno virtual e apertar o botão de compra.

Valor de um terreno no Metaverso

Os preços dos terrenos do Metaverso são influenciados pelos mesmos fatores que afetam o mercado imobiliário e o mercado de NFTs. Se a plataforma é badalada, atrai cada vez mais usuários e tem poucos terrenos, os valores dos lotes tendem a aumentar. Se ocorrer o oposto, no entanto, eles caem. É a mesma lógica por trás da valorização de imóveis em regiões nobres de grandes cidades. No caso das duas principais plataformas do Metaverso, o número de terrenos disponíveis é fixo, e não deve aumentar. Assim como no mercado imobiliário do mundo real, o tamanho de uma propriedade virtual também importa. Quanto maior o local, mais caro ele é.

Smart Contracts

Os smart contracts são sistemas de contratos utilizados para executar transações automaticamente sem a necessidade da uma empresa, governo ou entidade para intermediar. São softwares que realizam, de forma automática, as regras contratuais. No quadro do mercado imobiliário, você pode programá-los para serem liberados ao cliente no momento de compra de um imóvel, otimizando o processo.

Resumindo como o Mercado Imobiliário está se digitalizando
  • Corretagem online: o período da pandemia tornou o atendimento pela internet quase que obrigatório. Com o uso da tecnologia, os processos imobiliários ganharam em agilidade.
  • Documentação on-line: um dos grandes avanços do setor foi a adoção do processo de documentação digital. Atualmente, é possível obter certidões on-line, garantia locatícia, assinar contrato.
  • Assinaturas Digitais: a assinatura digital é uma espécie de substituta e equivalente à assinatura física, apresentando validade jurídica.
  • Visitas virtuais de imóveis: conhecer imóveis e terrenos sem sair de casas já uma realidade no mercado brasileiro. O tour virtual já está disponível por grande parte das empresas do ramo. São apresentações digitais mais dinâmicas, como tour virtual, fotos 360º e imagens do Google Street View.
  • Estande de vendas: esses espaços de vendas passaram a contar com inovação e a tecnologia. Antes restrito a maquetes, os espaços agora contam com atrações que remetem às áreas do condomínio para o futuro morador já ir entrando no clima.
  • Terrenos no Metaverso: o Metaverso, espaço coletivo que unirá os mundos real e virtual, ainda está em construção, mas já há terrenos disponíveis para compra. Os terrenos virtuais são as terras existentes em plataformas que ficam dispostos em mapas digitais divididos em lotes.
  • Como comprar um terreno no Metaverso: o primeiro passo é baixar a carteira em seu computador ou no celular. Para isso, basta acessar o site da MetaMask.
  • Valor de um terreno no Metaverso: os preços dos terrenos do Metaverso são influenciados pelos mesmos fatores que afetam o mercado imobiliário e o mercado de NFTs.
  • Smart Contracts: os smart contracts são sistemas de contratos utilizados para executar transações automaticamente sem a necessidade da uma empresa, governo ou entidade para intermediar.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Veja Também

Quer saber as vantagens de comprar seu primeiro imóvel? Confira uma lista de boas razões para sair do aluguel e como realizar...
A Receita Federal ampliou a isenção de pagamento de Imposto de Renda sobre Ganhos de Capital para quem vende imóveis. De acordo com uma nova norma,...
Se você quer saber sobre as melhores cidades para morar no Oeste de Santa Catarina, nós podemos te ajudar. Santa Catarina tem...